Loading...

sábado, 3 de novembro de 2007

Museu do Corpo Humano




Embora já todos devam ter conhecimento desta grande exposição que se encontra insalada em Lisboa, não custa nada reforçar a ideia (até porque este blog não é só visto por portugueses, pode sempre haver um romeno que sem querer encontre o meu blog e até decida vir a Lisboa ver o dito museu).


Falo do museu do Corpo Humano, que difere de todos os outros por ser formado por seres humanos verdadeiros, cadáveres reais dissecados.


Tudo aqui é verdadeiro, até os órgãos que demonstram o impacto dos maus hábitos e as consequências das doenças: «Tudo o que vê é real. Quando vê uns pulmões negros nós não pusemos o negro nos pulmões, o negro estava lá, o negro é do alcatrão do fumo do tabaco que se acumula nos pulmões e interfere com a capacidade do pulmão transferir o oxigénio. Quando o sangue não consegue obter oxigénio, todos os tecidos precisam de oxigénio para viver, então o coração é afectado, o sistema digestivo, os rins, tudo é afectado. Portanto, o que vêem aqui é autêntico e real. Pensamos que essa é a melhor forma das pessoas entenderem, não só como o corpo funciona mas também verem o impacto das doenças no corpo», explica Roy Glover


São 17 corpos e 250 fragmentos e órgãos que pemitirão ver a todos " o corpo humano como nunca visto".

5 comentários:

ana curralo disse...

Não sei se tiveste a oportunidade de ir ver esta esposição!!!

Eu já... Aquilo é magnifico, fascinante, espectacular, unico mesmo...

O guia ria-se comigo só d eolhar para a minha cara quando eu visualizava os corpos... Aquilo, para quem gosta, é um mundo... E nota-se mesmo que é verdadeiro, tipo em alguns corpos vês os pêlos corporais (até os púbicos =) ).

Adorei aquilo. E a parte dos embriões?! Lindo mesmo... Aquelas coisas pequeninas, o que nós fomos e o que somos!!!

Uma oportunidade unica que não se deve perder...


=)

Hélia disse...

E verdade uma grande exposição que faz-nos pensar em coisas muito importantes que por vezes deixamos de lado.

Ajuda-nos tambem a perceber melhor como o nosso corpo "trabalha" e ate mesmo como a nossa vida começou.

Por acaso tive a oportunidade de visitar e achei fascinante. Apesar de ser "forte" e fazer com que pensamos muito como somos descuidados com uma maquina tão maravilhosa, o nosso corpo...

Nênê disse...

Gostaria de saber mais sobre este museu e saber se ainda se encontra disposto a visitas.

alcunha disse...

Em Lisboa, onde se encontrou durante muito tempo, penso que não. Creio que fosse um museu temporário e que agora se encontre noutros países da Europa. Uma pesquisa mais detalhada sobre o assunto talvez conduzirá a uma resposta mais concreta e acertada =)

cumprimentos,
alcunha

alcunha disse...

*conduza